Se pudesse...

Se pudesse acelerar o tempo... quantos já tentaram?
Se pudesse tocar a lua e aliviar essa vontade insana de me sentir plena nessa imensidão.
Pudesse eu alcançar o céu e desenhar nas nuvens a imagem da esperança.
Pudesse desenhar na aquarela, traços pouco uniformes e profundos.


Bastava isso.

Mas eu não posso.
O que posso?
Me contentar que a vida, essa que vive em mim, se basta nela.
Que não posso acelerar o tempo, mas posso dar a ele, trégua.
Que não posso tocar a lua, mas posso ser a Lua de alguém, ou de mim mesma.
E que se não for a Lua, posso ser Sol, Marte, Vênus... posso ser tudo o que eu quiser.

Porque sou hoje o melhor que posso. Mas amanhã posso ser melhor.

Comentários

  1. O que é o amanhã se não o hoje que nos perdoou?
    O que é o amanhã se não remédio doce, amargo, aflição, cura, semente, vento, entrega, perdição? O que é o amanhã se não a versão mais inteira de nós?

    ResponderExcluir
  2. Como semente tua bonita deixada na minha Ilha, respondo: Os olhos diminuem o mundo. O Amor o revela na Alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso, feche os olhos! Quando fecha, o contato e' a alma. E nela estao todos os desejos, dores, medos, sonhos e flores.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Navegante por esses mares...Caravelas....

O ciclo das rosas