Caminhos...

Caminhos...

"se você não sabe para aonde vai, qualquer caminho serve" (Alice no Pais das Maravilhas). Como gostaria de ser Alice, sonhadora, acreditar que tudo é possível, até na terra do impossível.

Como ter certeza dos caminhos que escolhemos sendo que muitas vezes só temos incertezas?
Como saber se é o caminho correto, se muitas vezes o escolhemos, mas outras vezes desistimos de continuar caminhando...
Na minha vida já aconteceram vários momentos... etapas do chegar...
se é que em algum momento chegamos...

- a certeza de ter estado no caminho certo
- a incerteza de ter parado de caminhar
- a vontade de continuar caminhando e ter que tomar outro caminho
- o desejo de caminhar e caminhar..sem rumo...
- a certeza que agora estou no caminho certo...

Caminhar requer escolhas. Requer saber que só podemos seguir se realmente desejamos caminhar. Não quero que o vento trilhe por mim o caminho que desejo percorrer. Quero eu ter o poder de caminhar... com rumo. Com sabedoria e paz. Cada caminhante sabe aonde quer chegar...

DAS UTOPIAS



Se as coisas são inatingíveis... ora!


Não é motivo para não querê-las...


Que tristes os caminhos, se não fora


A presença distante das estrelas! (Mário Quintana)

São tantos, longos, largos,curtos e estreitos.Parecem famosos, duvidosos.Asfaltados ou cascalhos tortuosos,


são perigosos. São vida, seguros, de morte, deserto,caminhos de caminheiros a caminhar...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ciclo das rosas

Navegante por esses mares...Caravelas....