Mãos dadas

Eu procuro um amor

Que seja bom prá mim

Vou procurar

Eu vou até o fim... (Frejat)

Estou construindo a relação mais importante da minha vida, a relação comigo mesma... aprendendo a me amar e só assim, permitir que o amor aconteça na minha realidade... me liberto da desesperada necessidade de amar e, no lugar disso, permito que encontre o espaço tempo perfeito para ele se manifestar...

O amor comigo mesma me permite a liberdade de ser quem eu queira ser. Disfruto do amor, sou livre para andar e voar. As relações com meu mundo externo refletem a plena relação que tenho com meu mundo interno. Só o amor é real.

"Para apaixonar-se basta estar distraído." - Vinícius de Morais


E nessa relação de amor comigo começo a desejar um sentimento ainda desconhecido... e aparece na minha realidade a grande existência da não solidão... Começo a esperar o encontro... mãos dadas...

Mas como apreciar esse momento... tendo passado momentos de solidão, de intenso contato comigo mesma... passo a dar valor a existência de esse sentimento tão complexo e tao gratificante... te espero para passearmos de mãos dadas entre as emoções mais desconhecidas...

E a liberdade. Posso ser quem eu queira ser sempre. Mas com o respeito de ter na minha existência alguém para compartilhar.. mãos dadas...

Porque eu só preciso de pés livres, de mãos dadas, e de olhos bem abertos. (Guimarães Rosa)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ciclo das rosas

Navegante por esses mares...Caravelas....