Melhor falar de Esperança...

Não vou mais falar de medos, porque me importo pouco com eles. Eles massacram qualquer esperança de que a vida é melhor do que já é. Fazem-nos acreditar que temos muito.
Preenchem-nos com vazios, poucos retratos coloridos. Arco íris de uma cor só.
Melhor falar de esperança, asas da liberdade. Elas, embora frágeis, acolhem o céu. Voam alto num infindável azul de sonhos.
A esperança preenche. O medo esvazia.
Quando falo de esperança, não só vôo, mas levo outros comigo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Navegante por esses mares...Caravelas....

O ciclo das rosas